O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Secundária Inês de Castro (Vila Nova de Gaia)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Memória descritiva
Sendo o tema a poluição nos oceanos, optei por desenhar ondas com bastante lixo para representar a chocante realidade.
A onda representa a água, um elemento essencial da natureza, porém o ser humano está a poluir e é necessário mostrar como algo belo como as ondas, que nos transmitem calma, paz e uma ligação à Natureza, podem facilmente ser destruídas.
Utilizei uma caneta preta de ponta fina e lápis de cor no desenho. Na pintura das ondas utilizei dois tons de azul para representar as ondas de uma forma mais realista."
Poema “O mar começa aqui”
Uma mistura de dois mundos
Algo tão lindo que pode ser destruído num segundo
Não entendem que o mar também tem coração
E cada vez mais fazem poluição.
Há-que apreciar o seu encanto
Podendo as suas cores e espécies causar um certo espanto
Por isso é que devemos cuidar dele
E sentir a sua suavidade na pele

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Escola Secundária Inês de Castro, Canidelo, Vila Nova de Gaia
Professores coordenadores da atividade: Angelina Duarte e Dina Graça
Número de alunos participantes: 110 alunos
Idade dos alunos: entre os 12 e os 16 anos
Anos de escolaridade: 7º, 8º e 9º anos
1ª fase do projeto
Inicialmente o município de Vila Nova de Gaia aderiu a este projeto e as coordenadoras decidiram inscrever a escola, pois achamos que o tema era bastante aliciante e muito atual.
2ª fase do projeto
Em reunião do conselho Eco-Escolas, que contou com a presença da presidente da junta de freguesia de Canidelo (freguesia onde se insere a nossa escola), demos conhecimento da nossa inscrição, tendo a presidente da junta ficado muito entusiasmada com esta atividade e prontificando-se a colaborar no que fosse necessário.
3ª fase do projeto
Decidimos pedir a colaboração de alguns docentes, para a divulgação e o desenvolvimento deste projeto, tendo participado no mesmo as duas professoras coordenadoras do projeto Eco-Escolas, uma professora de Ciências Físico-Químicas e duas professoras de Educação Visual. A proposta de trabalho foi enviada aos alunos através da plataforma Classroom uma vez que esta atividade decorreu durante o confinamento.
4ª fase do projeto
Todas as professoras envolvidas motivaram os alunos, nas aulas por videoconferência, para a participação nesta atividade, tendo as professoras de Educação Visual apresentado algumas sugestões para o desenvolvimento dos trabalhos.
5ª fase do projeto
Os alunos cumpriram o prazo estabelecido para entrega dos trabalhos que, de um modo geral, estavam bastante criativos. De realçar que muitos alunos não tinham o material de desenho e pintura em casa, pois todo esse material tinha ficado guardado na escola, contudo também se envolverem na atividade e apresentaram trabalhos bastante satisfatórios.
6ª fase do projeto
Dos trabalhos recebidos foi pedido às professoras de Educação Visual, que colaboraram na iniciativa, que escolhessem aqueles que melhor se adequariam à sua reprodução numa sarjeta. Após esta seleção de trabalhos, as professoras coordenadoras e a professora de Ciências Físico-Químicas escolheram apenas um para ser submetido.
À memória descritiva do trabalho que vamos submeter, acrescentamos também um pequeno poema que foi elaborado por outra aluna e que achamos que demonstra bem a sensibilidade dos jovens para este tema.

Fase II - Escola: execução

Foto final para concurso, com a sarjeta pintada:

Outras fotos de execução da pintura:

Coordenadas da localização da pintura:
-8.639415
41.125714

Localização da pintura:
A sarjeta que foi pintada fica num dos portões (portão do Fojo) de entrada/saída da escola, onde facilmente se torna visível a todas as pessoas que passam neste local.