O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Jardins de Infância de Mira (Mira)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Jardins de infância do Agrupamento de Escolas de Mira
Professora coordenadora da atividade: Cândida Siegle
Pré-escolar, alunos dos 3 aos 5 anos.
Com grande economia de meios, usando apenas a cor azul, a imagem de uma onda decrescente aponta diretamente para a sargeta, onde tudo desagua.
O texto “o mar começa aqui” acompanha a dinâmica da onda, integrando-se harmoniosamente na imagem, a grafia reforçando assim o movimento.
O desenho é suficientemente fácil de executar pelas crianças “finalistas” do Pré-escolar e chama a atenção do essencial: o mundo é redondo, não dá para deitar nada fora, porque não existe “fora”!

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Jardins de infância do Agrupamento de Escolas de Mira
Professora coordenadora da atividade: Cândida Siegle
Pré-escolar, alunos dos 3 aos 5 anos.
Síntese das várias fases do projeto:
- Foi feita uma primeira sensibilização para a problemática da poluição marinha, partindo do livro “O Médico do Mar”, de Leo Timmers, numa abordagem mais lúdica e emocionalmente envolvente.
Depois foi explorado o livro " O dia em que o mar desapareceu" de José Fanha, onde tudo se torna mais sério, e a fábula do lobo e do cordeiro (sobre o sujar a água do rio e do que isso pode originar).
Apresentámos várias enciclopédias e revistas para vermos os animais do mar e os aquáticos, que podem não ser do mar, mas que vivem na água, etc. Os diálogos também incidiram sobre o que colocamos na sanita, o que nunca lá podemos pôr como os cotonetes, e o destino das águas, o que se faz para limpar a água, para onde vai a água da chuva que cai na sarjeta, etc.
- Conversa sobre a poluição do mar.
- Construção de um painel coletivo sobre os animais marinhos com colagem e pintura.
- Atividade de plasticina sobre os animais marinhos.
- Saída de campo com os “finalistas” para identificar as sarjetas perto do Jardim de infância, explicando o percurso das águas pluviais, que arrastam o que se atira para o chão e o conduz até ao mar, explicando que o mar já começa nas sarjetas.
- Pintura individual de várias ideias para o protótipo.
- Seleção da pintura a pintar na sarjeta escolhida.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências