O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva (Vila Verde)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Memória descritiva da imagem “O mar começa aqui”
Descrição: os elementos representados são espécies autóctones da nossa região – peixes de água doce: a Boga e a Truta-comum; Alvéola-branca, uma espécie de ave que depende diretamente dos ecossistemas dulçaquícolas, pois necessita de áreas para nidificar e é aqui junto dos rios, que encontra refúgio e alimentação (pequenos, peixes, insetos, outros invertebrados). Também está representado um ramo do Salgueiro-branco – que faz parte da vegetação arbórea ribeirinha, pois desenvolve-se nas zonas de transição entre ecossistemas aquáticos e terrestres. Esta espécie está adaptada à maior disponibilidade de água, que oscila sazonalmente, e ao ambiente fresco e sombrio dos cursos de água. Os ecossistemas ribeirinhos suportam uma enorme biodiversidade, que inclui microrganismos, insetos, moluscos, crustáceos, peixes, anfíbios, repteis, aves e mamíferos, que importa preservar. Assim, se não cuidarmos dos resíduos, estes, irão parar às sarjetas e daqui, para os cursos de água e por fim no mar.
Esta imagem simboliza o ideal de preservação do ambiente, sarjetas sem lixo, rios despoluídos e espécies ribeirinhas (fauna e flora) que vivem em perfeito equilíbrio e harmonia.
Técnicas usadas: desenho a grafite, pintura a lápis de cor e lápis de cera. As cores usadas representam a água (tonalidades de azul) e a vegetação (verde).
Trabalho elaborado por Diana Martins, 5ºC

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Memória descritiva do projeto “O mar começa aqui”
Escola: Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva (Vila Verde)
Professor coordenador da atividade: Madalena Sousa
Participou no projeto a turma C do 5ºano (18 alunos, entre os 10 e os 12 anos), no âmbito da disciplina de CEDART (disciplina de complemento à formação). Cada aluno apresentou uma proposta de imagem, para a pintura das sarjetas, no espaço escolar. A imagem que mais correspondeu aos objetivos do projeto, foi a selecionada.
O desafio foi lançado à turma no decurso do 2º período, na fase de confinamento e no E@D. Foi realizada a articulação/planificação curricular nas disciplinas de Ciências Naturais (CN), Educação Tecnológica (ET), Cidadania e desenvolvimento (CIDE) e CEDART.
A turma na disciplina de CIDE pesquisou em grupos de trabalho, os fatores que influenciam a Biodiversidade; em CN estudaram os Ambientes naturais: terrestres e aquáticos; A importância da água para os seres vivos. Ainda nesta disciplina, os alunos estão a construir o BI de espécies animais autóctones para divulgar na comunidade escolar, através de exposição. Na disciplina de ET, abordaram as fontes e tipos de energia (renovável e não renovável); Energia renovável – hídrica (da água) e o Impacto ambiental da exaustão das fontes energéticas. Na disciplina de CEDART os alunos assistiram ao vídeo “A poluição da água – o mar não está para peixe”, da Biosfera; exploraram panfletos sobre a fauna e flora ribeirinhas da região (panfletos disponibilizados pelo município); elaboraram o projeto - representação 2D; estudo da forma das espécies a representar na imagem; explorar materiais riscadores e pictóricos e as técnicas básicas de pintura.

Fase II - Escola: execução