O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola EB2/3 Frei Caetano Brandão (Braga)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
O desenho foi da autoria da aluna, Ana Beatriz Meneses Gomes, da turma 6º3.
A aluna foi inspirada pela beleza das espécies autóctones marinhas: Octopus vulgaris (Polvo), Cancer pagurus (Sapateira), Hippocampus guttulatus (Cavalo marinho) e Dicentrarchus labrax (Robalo).
Pretendeu evidenciar a biodiversidade que carateriza o mar português salientando as cores vivas que os identificam e que cria impacto visual a quem observa. Os animais estão “sorridentes” à volta de uma sarjeta sem resíduos. Essa “felicidade” sugere que estão saudáveis e agradecidos pela boa qualidade da água que se vê à volta da sarjeta. A escala utilizada foi de 1:10.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
O desafio foi lançado a quatro turmas de 5ºano (5º1, 5º2, 5º5 e 5º7) e três turmas do 6ºano (6º3, 6º4 e 6º6), da EB 2,3 Frei Caetano Brandão, envolvendo 140 alunos, com idades entre os 10 e os 12 anos, num trabalho interdisciplinar entre Educação Visual (EV), Ciências Naturais (CN), Cidadania e Desenvolvimento (CeD) ,Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), Português e Biblioteca escolar. A docente de CN é também professora coordenadora do projeto Eco-Escolas (Berta Henriques).
A sensibilização começou com a observação da exposição “Suspeitos do Costume”, da ABAE. Esta exposição foi disponibilizada, a todas as turmas da escola, 2º e 3º ciclos, através de um vídeo elaborado a partir das fotos da exposição, pela professora Bibliotecária (a exposição esteve exposta na biblioteca), de modo a garantir a segurança de todos os intervenientes neste tempo de pandemia. Nas aulas de Cidadania e Desenvolvimento, o vídeo foi visualizado e debatido e, no final, os alunos puderam preencher um questionário googleforms para verificarem os seus conhecimentos. Obtivemos 160 respostas. Esta atividade decorreu entre 18 a 21 de janeiro, data do confinamento. Por este motivo, não obtivemos as respostas de todas as turmas. Concomitantemente, nas aulas de CN, os alunos de 5º ano já tinham iniciado a abordagem do tema “Água”, tendo sido debatido a necessidade do consumo sustentável deste recurso, as causas e consequências da poluição aquática e os processos de tratamento que a água passa nas ETA e ETAR. Foi esclarecida a definição de espécie e apresentadas as espécies autóctones marinhas mais comuns (powerpoint que continha fotografias tiradas numa ação de formação sobre zonas entre marés). Paralelamente, na semana de 18 a 21 de janeiro, nas aulas de EV, os alunos começaram por identificar as sarjetas existentes dentro da escola e no espaço envolvente. Foram tiradas fotos e selecionadas as sarjetas que deveriam ser alvo de intervenção. A escolha recaiu na sarjeta situada junto do portão principal da escola (local de grande visibilidade a toda a comunidade educativa) e outra no espaço de passagem para o campo de jogos por ser uma zona onde os alunos recorrem muito para lazer, mas não é uma zona de grande pisoteio.
Já em confinamento, a docente de EV enviou aos alunos, pelo classroom, um powerpoint que continha uma mensagem de apelo à intervenção e que também fazia o ponto de situação do projeto. Elaborou um documento com as caraterísticas que a imagem criada deveria conter. Os desenhos foram realizados, durante o confinamento, utilizando a escala de 1:5 ou 1:10. Os melhores trabalhos foram colocados à votação dos membros do conselho Eco-Escolas, através do classroom já criado. O mais votado foi enviado para o concurso. Contudo, os melhores trabalhos de cada turma irão ser publicados na revista anual do 5ºano. Cada turma irá elaborar a sua notícia utilizando as regras deste tipo de texto apreendidas em Português. Durante o mês de janeiro, dois alunos de cada turma, selecionados para o efeito, tiveram formação com a professora bibliotecária sobre o programa Canva onde a revista será editada. Estes alunos serão os responsáveis por colocar a respetiva notícia, sobre esta campanha de sensibilização ambiental, na revista anual da sua turma. Na última semana de aulas, as turmas do 5ºano, na disciplina de CN, comemoraram o Dia Mundial da Água, através do jogo “Aquaquiz” constituindo, mais um momento, para aprenderem e refletirem sobre a importância deste recurso.
Com esta campanha foi possível abordar os seguintes domínios de Educação Cidadã: educação ambiental sobre as temáticas “Água e Biodiversidade: importância, ameaças e mitigação” e Media “Comunicar e informar”. Com esta estratégia pretendemos capacitar os cidadãos para viverem de forma crítica e interventiva, promovendo valores que conduzam à mudança de atitudes e de comportamentos face ao ambiente. Este exercício potencia uma cidadania consciente, dinâmica e informada face às problemáticas ambientais atuais através de uma metodologia concertada onde as aprendizagens das diversas disciplinas foram aplicadas.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências