O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Básica e Secundária Soares Basto (Oliveira de Azeméis)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
A imagem selecionada apresenta uma iconografia que nos reporta para situações muito atuais e que tem sido motivo de alguma preocupação ambiental. Ela expõe, metaforicamente, o convívio tenebroso entre seres marinhos representados com cores quentes e saturadas, sobre o fundo frio coberto de desperdício humano, nocivo para aquele habitat.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Escola Básica e Secundária Soares Basto
Atividade desenvolvida pelos alunos da turma C, do 7º ano, com idades entre os 12 e os 13 anos. Foram orientados pelo Professor de Educação Visual, António José Silva e de Cidadania e Desenvolvimento, Eva Figueiredo.
No âmbito das atividades promovidas pelo Programa Eco-Escolas e dinamizadas na nossa escola, foi lançado o desafio "O Mar Começa Aqui", à turma do 7º C, que aproveitou a oportunidade para pôr em ação o seu fulgor criativo. Na disciplina de Educação Visual os alunos tomaram contato em maior pormenor das premissas do projeto e debruçaram-se sobre esta problemática apresentando, propostas pictóricas e gráficas que ilustrassem o tema, de forma à consciencialização da agressão que alguns dos nossos atos aparentemente simples podem provocar no meio ambiente, nomeadamente no meio marinho, mesmo quando este não se vislumbra no horizonte.
A realização deste projeto envolveu toda a turma em torno desta problemática, proporcionando uma reflexão importante para os alunos, sobre o papel do cidadão nesta nave espacial que se chama planeta Terra e as mudanças que eles podem impulsionar. A maioria dos trabalhos apresentados chama a atenção para a dicotomia entre o mundo natural e o alterado pelo Homem, alguns de forma mais dramática. As máscaras da pandemia surgiram frequentemente como elemento estranho e perturbador.
A proposta escolhida, realizada em suporte digital (uma vez que a parte principal foi desenvolvida em Ensino a Distância) apresenta uma iconografia que nos reporta para situações muito atuais e que tem sido motivo de alguma preocupação ambiental por parte de todos nós, e em especial, dos mais jovens. A imagem expõe metaforicamente o convívio tenebroso entre seres marinhos representados com cores quentes e saturadas, que assim representam a vida, sobre um fundo mais frio, coberto de lixo (desperdício humano) nocivo para aquele habitat. Foi selecionada pela simplicidade e clareza com que transmite a mensagem que se pretende.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências