O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Secundária de Maria Lamas (Torres Novas)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Com o presente trabalho pretendo representar criativamente o tema proposto “O
mar começa aqui”.
Sensibilizar a população do concelho de Torres Novas de que a poluição ambiental
tem graves repercussões nos mares e oceanos de todo o planeta, afetando milhões
de animais e espécies que ficam em riscos de extinção.
A composição:
- Em destaque na obra temos um peixe palhaço, que contém as cores
laranja e branco, representando a paz, alegria e prosperidade. O peixe
vomita todos os lixos que normalmente são jogados no mar.
- O mar em volta do peixe é representado pelas cores azul e roxo, que
trazem o sentimento de leveza, qualidade, respeito e tranquilidade.
- Em contraste com o mar e suas cores, temos o vómito do peixe, que
contém um verme em várias tonalidades, com o intuito de representar
algum lodo ou “gosma” derivado do lixo.
-Este simbolismo, do peixe a “vomitar” o lixo, representa a revolta e a
necessidade de “botar para fora” todo esse lixo que acaba por poluir o
mar e o meio ambiente em geral, trazendo consequências até para nós
humanos.
As medidas das sarjetas (as que se encontram na zona da escola Maria Lamas e
avenida do Jardim das Rosas) são as seguintes: 20cm de altura, 66 cm de
comprimento e 70 cm de largura.
Materiais necessários: tintas, pincéis e trinchas
NOTA: O projeto foi realizado à escala 1/3 e posteriormente realizada a
fotomontagem em Photoshop

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
PROJETO – “O MAR COMEÇA AQUI”
“Continuamos em Pandemia mas não deixamos de nos preocupar com os problemas ambientais do
nosso planeta e da nossa Cidade.”
O Agrupamento de Escolas Gil Paes responde, desta forma, ao desafio proposto pelo
Município de Torres Novas e pela Associação Bandeira Azul da Europa “O mar começa
aqui”.
Trata-se de uma campanha de sensibilização que visa como objetivos principais:
 Compreender a necessidade de preservação dos ecossistemas e da biodiversidade
em geral e da qualidade da água doce e salgada em particular;
 Educar para uma cidadania ativa incitando os jovens a passar a mensagem de que
“Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar” a toda a comunidade educativa;
 Estimular a criatividade dos alunos, através do desenvolvimento de competências
em áreas como a expressão plástica;
 Implementar estratégias de cooperação escolas-autarquias para a promoção
da sustentabilidade.
O projeto foi apresentado aos alunos de Artes Visuais do 11º ano, que se encontram
em ensino à distância, desafiando-os para a realização de composições gráficas que
possam ter um impacto na comunidade.
Os alunos participaram de forma ativa, abordando as questões relativas à incorreta
deposição dos resíduos, poluição da água doce e da água do mar.
Em destaque na ilustração escolhida temos um peixe palhaço, que contém as cores
laranja e branco, representando a paz, alegria e prosperidade.
O peixe vomita todos os lixos que normalmente são jogados no mar.
O mar em volta do peixe é representado pelas cores azul e roxo, que trazem o
sentimento de leveza, qualidade, respeito e tranquilidade.
Em contraste com o mar e suas cores, temos o vômito do peixe, que contém um verme
representado em várias tonalidades, com o intuito de representar algum lodo ou
“gosma” derivado do lixo.
Este simbolismo, do peixe a “vomitar” o lixo, representa a revolta e a necessidade de
“deitar para fora” todo esse lixo que acaba por poluir o mar e o meio ambiente em
geral.
Os intervenientes foram:
O coordenador do projeto Eco Escola- Professor Nelson Correia
O Diretor de Turma – Professor António Coelho
Professora de Desenho A – Cristina Nascimento
Turma participante: 11 AVA
Professora coordenadora da atividade: Cristina Nascimento

Fase II - Escola: execução

Foto final para concurso, com a sarjeta pintada:

Outras fotos de execução da pintura:

Coordenadas da localização da pintura:
-8.538099
39.484161

Localização da pintura:
R. Escola Secundária, Torres Novas