O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola EB Comendador Ângelo Azevedo (Oliveira de Azeméis)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
O desafio foi projetado e elaborado pelo grupo de alunos do projeto Eco Escola da escola EB Comendador Ângelo Azevedo, durante a fase de confinamento. O tema proposto foi o ponto de partida para a recriação da ilustração apresentada pelos alunos.
Este projeto tem como ideia principal mostrar a importância de cuidarmos do nosso planeta, através da perceção do percurso das águas pluviais, da deposição de resíduos, quer decorrentes do arrastamento das águas da chuva, quer decorrentes da atividade humana, como óleos alimentares, garrafas, beatas, entre outros, que rapidamente são conduzidos para os coletores instalados subterraneamente, através das sarjetas e sumidouros, onde flui até ser devolvida aos cursos naturais de água, lagos, lagoas, baías ou no mar.
As representações gráficas dos vários elementos marinhos representam o belo do oceano. O belo transforma mentalidades sensibilizando para a mudança de atitudes em relação à problemática do lixo nos oceanos.
As cores usadas são: azul escuro e claro; verde claro e escuro, laranja, amarelo, branco e preto.
O projeto está representado à escala de redução 1/3.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Concurso ‘O Mar Começa Aqui’ 2020/2021 - escola EB Comendador Ângelo Azevedo
Memória Descritiva
O desafio foi projetado e elaborado pelos alunos do projeto Eco Escola com idades compreendidas entre os 12 e 15 anos da escola EB Comendador Ângelo Azevedo, durante a fase de confinamento. O tema proposto foi o ponto de partida para a recriação da ilustração apresentada pelos alunos.
Este projeto tem como ideia principal mostrar a importância de cuidarmos do nosso planeta, através da perceção do percurso das águas pluviais, da deposição de resíduos, quer decorrentes do arrastamento das águas da chuva, quer decorrentes da atividade humana, como óleos alimentares, garrafas, beatas, entre outros, que rapidamente são conduzidos para os coletores instalados subterraneamente, através das sarjetas e sumidouros, onde flui até ser devolvida aos cursos naturais de água, lagos, lagoas, baías ou no mar.
A representação gráfica escolhida representa que devemos preservar os nossos ecossistemas e a biodiversidade marinha numa atitude de cidadania ativa para que a mensagem chegue a todos “Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar”
A elaboração deste projeto permitiu, uma vez mais, aos nossos discentes terem uma ação participativa em mudanças sociais e ambientais da atualidade, tomando consciência da importância de adotarem comportamentos assertivos com vista a um futuro sustentável.
A composição criada, pela aluna Matilde Santos, do 7ºA, foi o trabalho selecionado para a pintura das sargetas (no exterior e no interior da escola EB Comendador Ângelo Azevedo).
Professora Coordenadora da atividade: Sónia Luísa Martins

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências