O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Escultor Francisco dos Santos (antiga EB 2,3 de Fitares) (Sintra)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Como sabemos os oceanos cobrem cerca de 70% da superfície do nosso planeta e há lixo marinho praticamente por toda a parte. E isso ameaça muito a saúde dos nossos mares, ou seja, muitas espécies marinhas estão cada vez mais a extinguirem-se por conta da grande quantidade de lixo que há nos mares e oceanos (maior parte plástico). E nós Seres Humanos temos de parar isto! Temos de parar esta produção excessiva de plástico (dirijo-me ao plástico pois é o mais abundante e prejudicial). Cerca de 100 mil animais marinhos morrem por conta da contaminação de plástico nos oceanos, por isso é que decidi representar dois golfinhos que capturaram dois sacos de plástico descartáveis e que depois provavelmente os vão ingerir, isto explica que os animais não têm um pensamento tão desenvolvido como o nosso, ou seja eles não conseguem distinguir o que é a sua comida e o que é lixo, e isso não é justo para com eles e se formos a ver quem sofre mais aqui são os animais marinhos. Esta poluição dos oceanos não ameaça só a saúde dos nossos mares, mas também a saúde do nosso planeta, a nossa economia e as nossas comunidades. E a única forma de parar isto é parar esta produção excessiva de plástico e outros materiais e também não deitar nenhum tipo de lixo para o chão, pois tudo o que deitamos para o chão, através das sarjetas cai no mar. Pense antes de fazer, pois isto também se trata de respeito para com o nosso planeta.
Agrupamento de Escolas Escultor Francisco dos Santos
Professora Coordenadora: Rita Ferreira
Imagem de autoria de Angelina do Carmo n.º 4 da turma H do 7º ano

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Foi apresentada a proposta de participação na atividade “O mar começa aqui” através do programa Eco-Escolas, com o objetivo de sensibilizar a comunidade educativa para um maior cuidado com os resíduos na rua, uma vez que ao caírem nas sarjetas, os mesmos vão parar diretamente ao mar.
Como tal, foi decidido que duas turmas de Expressão Plástica (oferta curricular da escola) participassem neste concurso (alunos do 7.º C e 7.º H).
Para que a informação e a sensibilização do projeto se tornasse mais eficaz para os alunos realizarem os seus projetos, estas turmas foram contempladas com a sessão "A era do lixo marinho" - O MARE VAI À ESCOLA, por videoconferência.
Depois da motivação e apresentação do projeto na aula de Expressão Plástica da turma C do 7º ano, foi proposto aos alunos executarem desenhos/propostas de imagens apelativas destinados a serem pintados numa sarjeta dentro da escola e/ou na sua envolvência. Com a turma H, não foi possível a motivação presencial para o projeto, por esta já se encontrar em confinamento profilático. Todo o projeto, entretanto, fora interrompido devido ao facto de as escolas terem encerrado.
Para a continuação do projeto, este foi elaborado através do E@D (Ensino à Distância). A motivação com a turma H do 7º ano foi feita através de videoconferência, com apresentação de um PowerPoint, e posteriormente enviada tarefa com as orientações necessárias, como as medidas/dimensões da sarjeta (12cm/7,5cm), assim como a escala 1:5, para a execução do projeto. A mesma tarefa foi lançada à turma C, que já tinha iniciado o projeto presencialmente. A entrega do trabalho final foi através da plataforma Teams.
Depois dos trabalhos entregues e selecionados, procedeu-se a uma votação por parte das turmas intervenientes, através da plataforma Teams, num formulário produzido para o efeito, a fim de selecionar o projeto que iria representar a escola no concurso a nível nacional, ficando o trabalho da aluna da turma H, Angelina do Carmo.
Agrupamento de Escolas Escultor Francisco dos Santos
Professora Coordenadora: Rita Ferreira (Expressão Plástica/Educação Visual)
Alunos das turmas C e H do 7.º ano
Idades entre os 12 e os 15 anos (7.º ano)

Fase II - Escola: execução