O Mar Começa Aqui | Trabalhos 2021

Escola Básica de Loureiro (Oliveira de Azeméis)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
A imagem, a colocar na sargeta, foi idealizada com base na imaginação das alunas tendo em conta os seus gostos. O grupo, constituído por três alunas, foram apresentando, entre elas, ideias e votando nas diversas proposta que foram surgindo. Uma das alunas com interesse na cultura Japonesa e gosto por várias espécies de peixes, entre eles, um peixe de origem Japonesa chamado Koi, venceu a votação. Concluindo esta fase de seleção do animal a colocar na pintura, pensaram num enquadramento para os peixes, baseando-se no seu habitat. Surgiu, assim, a ideia de colocar algas, por serem as plantas que habitam os oceanos.
Numa fase seguinte as alunas deparam-se com o facto de terem opiniões diferentes umas das outras quanto à cor a atribuir, quer aos peixes quer às algas. À medida que iam surgindo as propostas de cada uma das alunas, houve momentos de troca de opiniões e gostos. Após esta partilha e tentativa de visualização do produto final, votaram na proposta vencedora pela maioria.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Por convite do projeto Eco Escolas do Agrupamento de Escolas de Loureiro, uma turma do oitavo ano, da turma A, idealizaram e realizaram, na aula de Cidadania e Desenvolvimento, em colaboração com a disciplina de Educação Visual uma imagem a pintar na sargeta dentro da escola e outra fora da escola, no âmbito do projeto "O Mar começa aqui".
Trabalharam neste projeto dezoito alunos desde o dia oito de fevereiro até ao dia oito de abril, na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, num regime de E@D. Este desafio iniciou-se com a visualização de vídeos que abordavam a poluição dos oceanos, principalmente, do plástico que se encontra nas águas durante milhares de anos. Seguiu-se um período de pesquisa, na internet, sobre esta temática, com o objetivo de, mais uma vez, sensibilizar os alunos para esta problemática da poluição dos oceanos e do lixo em geral.
De seguida os alunos procederam à conceção e design das imagens. Uma vez que nos encontrávamos no E@D os alunos, em grupo à distância, foram dando ideias e desenhando usando o sketchbook e outras ferramentas digitais. Das oito imagens elaboradas apenas uma foi selecionada e será pintada na sargeta da escola e no largo da Vila de Loureiro. Esta seleção foi realizadas por meio de uma votação online, na plataforma do agrupamento, onde de forma anónima toda a comunidade escolar, foi convidada a votar nas oito imagens.
Por último, já no ensino à distância os alunos foram escolher e medir as sargetas dentro e fora da escola que serão pintadas, com a colaboração da autarquia, na semana de 17 a 21 de maio. Saliente-se o enorme envolvimento dos alunos, professores e Encarregados de Educação, motivação, interesse e qualidade do produto final que estão a superar em muito as expetativas aquando da adesão ao projeto. Os alunos estão agora ansiosos por ver o resultado final do seu trabalho nas referidas sargetas e expectantes pelo impacto que esta mensagem irá ter na comunidade escolar.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências