O Mar Começa Aqui | Trabalhos

Colégio de Nossa Senhora de Fátima (Leiria)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
Os alunos escreveram a seguinte mensagem:
Com o nosso projeto, pretendemos realçar o impacto que a libertação de resíduos tem na vida marinha. O animal que selecionamos foi a alforreca, pois esta representa todos os ecossistemas marinhos portugueses, já que a espécie lá existe em grande quantidade. Para mostrar o impacto das atividades antrópicas no oceano, decidimos desenhar os principais resíduos que os atingem, tais como beatas, latas, garrafas, entre outros.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Colégio de Nossa Senhora de Fátima
Coordenadora do projeto: Dina Maria Cordeiro Carvalheiro
6 alunos do 8ºAno (turma A e B) envolvidos no trabalho:
- Hugo Testa, nº15, 14 anos
- Lourenço Gomes, nº20, 14 anos
- Rafaela Dias, nº25, 13 anos
- Ana Luisa Marques, nº5, 14 anos
- Inês Romão, nº15, 13 anos
- Laura Moura, nº20, 14 anos
Nas II jornadas culturais da nossa escola, em fevereiro, os alunos do 8ºAno, abraçaram o projeto da Eco-Escola "O Mar começa Aqui".
A professora de ciência realizou uma primeira sensibilização sobre a problemática dos resíduos que entram nas sarjetas e sumidouros.
Como inspiração, os alunos tiveram um encontro com o artista de rua, Ricardo Romero, o qual lhes apresentou as diversas pinturas que podemos encontrar na cidade de Leiria e transmitiu o seu significado.
No passo seguinte, as 2 turmas fizeram grupos, distribuíram-se por 3 salas de aula e começaram o esboço do seu trabalho.
De seguida, cada grupo, deslocou-se ao exterior da escola e escolheu a sarjeta/sumidouro, onde gostariam de efetuar o seu projeto.
Cada grupo efetuou o desenho que pretendia pintar numa sarjeta/sumidouro, obtendo-se no final das jornadas 10 trabalhos.
Posteriormente, os 10 trabalhos (1 de cada grupo) foram enviados ao Município, do qual obtiveram 100% de aprovação.
Infelizmente, a pandemia alastrou, e o colégio teve que encerrar. Assim, numa votação on line, todo o corpo docente votou no desenho para representar a nossa escola.
Nas III jornadas culturais, que seriam em junho, os alunos iriam executar o projeto no local e apresentar o resultado aos pais. Com esperança em dias melhores, esperamos que, esta última etapa, se concretize no próximo ano letivo.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências