O Mar Começa Aqui | Trabalhos

Escola EB 2,3/S Aquilino Ribeiro (Oeiras)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
A imagem selecionada representa o oceano a perder o fôlego; a aluna pretende sensibilizar as pessoas para a degradação do oceano, transmitindo a ideia de que está a perder oxigénio, está com dificuldade em respirar, corre risco de vida. E nós podemos ajudá-lo a recuperar, começando por pequenos gestos como não deitar lixo para o chão. Informar é essencial para preservar.

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Escola B2,3/Sec. Aquilino Ribeiro, Porto Salvo, Oeiras
Professora coordenadora da atividade: Cláudia Santos
Alunos: No ano letivo passado, uma turma de 25 alunos do 10º ano, de Biologia/Geologia, trabalharam num projeto sobre as beatas como resíduo (problema identificado pelos alunos: muitas beatas no chão, próximo da escola). Os alunos criaram um "beatão" e colocaram-no à entrada da escola. Desenvolveram um vídeo e pósteres de sensibilização, uma escultura com beatas (uma onda gerada pela humanidade, ameaçadora relativamente ao oceano, inspirada no trabalho de um escultor Japonês) e duas alunas da turma apresentaram o projeto no "Encontro Internacional de Jovens Cientistas de Escolas Associadas da UNESCO", em Santarém. Nesse mesmo ano, tive conhecimento deste projeto: "O Mar começa aqui" e pensei que se complementariam. Em parceria com uma colega de Educação Visual, trabalhámos o tema "Desequilíbrios nos ecossistemas/Poluição", em particular nos oceanos, com uma turma do 8.º ano que tínhamos em comum. Assim iniciámos o projeto "O Mar começa aqui". O trabalho foi concluído já neste ano letivo, pela referida turma, agora do 9.º ano. O desenho enviado foi o selecionado. O objetivo é pintar esta imagem numa das sarjetas que se encontram próximo da entrada da escola, no caso de ser aprovada.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências