O Mar Começa Aqui | Trabalhos

Escola Básica de Santa Catarina da Serra (Leiria)

Fase I - Escola: proposta

Memória descritiva da imagem:
O mar começa em todos os rios e ribeiros e os rios começam em gotas de água da chuva que caiem por todo o lado e uma parte delas entra nos esgotos e arrasta tudo o que vai encontrando pelo caminho.
Imaginei dois rios que se formavam num monte inventado, um era o rio poluído e morto, o outro que corria para dentro da escola era o rio da esperança e das boas práticas. Cada rio corria incluindo as 4 sarjetas da zona de entrada da escola, 2 no interior e 2 no parque de estacionamento.
Nas margens do rio temos personalidades que têm lutado pela defesa e conservação do meio natural na Terra: Greta Thumberg, Leonardo Di Caprio, a Greenpeace, Sônia Guajajara (líder indígena brasileira), e ativistas ambientalistas que podemos ser todos nós.
Na água do rio temos valores de quantidades de lixo, espécies em vias de extinção, % de lixo reciclado, milhões de animais salvos,...

Proposta de imagem a pintar:

Memória descritiva do projeto:
Os alunos fizeram investigação sobre a problemática da contaminação dos oceanos incidindo na vertente de ação local (junto das sarjetas) com impacto global (dado o seu encaminhamento para o oceano). Dos problemas analisados, a questão dos microplásticos e o tempo de degradação dos resíduos plásticos foram os aspetos que tiveram mais impacto junto dos alunos.
Foi feita a análise do espaço físico onde se podia implementar o projeto e foi selecionada pelos alunos a zona de entrada da escola, quer dentro da zona delimitada pelos muros, quer na zona do parque de estacionamento. Os alunos fizeram uma ação de recolha de plástico em todo o recinto da escola e em simultâneo verificaram a compactação de algumas sarjetas com resíduos, tendo ficado mais sensíveis à problemática e mais motivados para o desenvolvimento de imagens para fazer a intervenção.
Após esta fase, nas aulas de Educação Visual todos os alunos do 8.º ano desenvolveram projetos para a intervenção com o apoio do docente e dos professores de Ciências Naturais e de Físico-Química e Cidadania.
Foram posteriormente selecionados 5 trabalhos pelos docentes e posteriormente os alunos escolheram o trabalho que está a ser submetido.
Dado o estado de calamidade que se prevê vigorar até ao final do ano letivo, a fases de concretização do projeto no local só irão decorrer no próximo ano letivo.

Fase II - Escola: execução

Fase II - Município: evidências